Blogger Tips and TricksLatest Tips And TricksBlogger Tricks

Leia com atenção

Leia com atenção


 





   
A máquina teve que ser serrada pelo Corpo de Bombeiros para soltar a perna da vítima.
Equipe do Corpo de Bombeiros de Caruaru: Sargento Zenildo, Sargento Givanilson, Cabo Henrique, Cabo Cleber, Cabo Cavalcanti e os soldados Roberto, Robervalter e Saulo Santos, que foram aplaudidos quando retiraram a vítima da cileira.
Equipe do Samu e profissionais que são da área de saúde de Jurema: Edna, que é técnica em enfermagem; a diretora do hospital local Soriane; Jockson, que é condutor do Samu, mas mesmo de folga socorreu a vítima na picape; a médica do Samu, Dra. Hayana Correa e o condutor Amilton.
No final da manhã deste sábado (25), o jovem, José Ailton da Silva, de 23 anos, sofreu um grave acidente quando estava trabalhando em uma fazenda no Sítio Laranjeira, na zona rural de Jurema. Ele teve a perna direita decepada por uma cileira, que é uma espécie de forrageira rasteira, foi levado ao hospital local, de onde foi trazido na carroceria de uma picape, pois ficou com a perna presa a máquina e mobilizou o Samu de Jurema que veio seguindo a caminhoneta até o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

De acordo com o Sargento Givanilson do Corpo de Bombeiros, a vítima estava moendo capim  e a máquina parou, ele foi empurrar o capim com o pé e a máquina voltou a funcionar, engolindo a sua perna direita até a virilha, o Samu de Jurema e o Corpo de Bombeiros de Garanhuns foram acionados, mas pela gravidade o rapaz precisava ser trazido ao Hospital Regional do Agreste em Caruaru e para não colocar a vida da vítima num risco ainda maior, foi acionado o Corpo de Bombeiros de Caruaru e duas equipes foram ao HRA, onde passaram aproximadamente 2 horas para serrar a máquina e soltar a perna do jovem, que milagrosamente ficou o tempo todo consciente, vale salientar que vários médicos e enfermeiros do HRA também auxiliaram o socorro a vítima que foi levada direto ao bloco cirúrgico.


Os médicos ainda não informaram qual o quadro clínico da vítima, que continua no bloco cirúrgico.




Por volta das 10 horas da noite desta sexta-feira (24), o casal, André José da Silva, de 35 anos e a esposa, Adeilza Maria da Silva, de 24 anos, que eram casados há quatro anos e moravam em Panelas, morreram numa colisão de trânsito na PE 158, próximo ao Distrito de Cruzes, na zona rural da cidade. Eles trafegavam em uma moto e colidiram num ônibus estudantil.

Familiares informaram que o casal voltava de um sítio próximo a Cruzes, onde o André José fez ingestão de bebida alcoólica, mas não souberam informar se ele estava bêbado, segundo eles a Adeilza suspeitava qwue estivesse grávida. Os corpos foram trazidos para o IML de Caruaru, onde foram periciados e liberados.



João Felipe Gomes dos Santos, 17 anos, foi assassinado na noite deste sábado (24) por volta as 21:30. O crime aconteceu na Rua São José, no bairro Antique, em Itabuna.
A informação é de que Felipe, que foi morto com seis tiros de pistola 9mm, tinha envolvimento com crimes. No local, familiares lamentaram a morte do adolescente e chegaram a dizer que deram muitos conselhos pra que Felipe mudasse de vida. O caso está sendo investigado.


 
O ajudante de pedreiro Marcos de Lima Maquiné, 23, morreu tragicamente no começo da noite desta sexta-feira, 23, ao cair de uma torre de telefonia celular que mede cerca de 60 metros de altura, segundo informação do Corpo de Bombeiros Militar, que já tinha duas equipes no local quando a tragédia aconteceu, na estrada do município de Iranduba.

A versão contada indica que Marcos subiu na torre com intenção de cometer o suicídio, mas no momento em que teria desistido ao ver os bombeiros iniciando um procedimento operacional para salvá-lo, acabou se desequilibrando e caiu para a morte certa, mesmo antes do impacto de seu corpo com o chão porque bateu a cabeça em barras de ferro da torre.

Segundo a família, Marcos Maquiné tinha distúrbios mentais

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também havia sido acionada e já se encontrava no local. Quando o corpo de Marcos chegou ao chão, disseram os integrantes da equipe, ele já tinha a cabeça esfacelada e perdido muita massa encefálica.

O rapaz estaria enfrentando problemas de depressão e sérios distúrbios mentais, segundo informações conseguidas com alguns membros de sua família, depois que o corpo foi removido para Manaus, no carro-tumba do Instrituto Médico Legal (IML), horas depois do ocorrido.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!


Fotos: Divulgação
 
Um confronto entre membros de duas galeras rivais teve desfecho sangrento neste domingo de madrugada no município de Itacoatiara, distante 176 Km de Manaus em linha reta. Um homem morreu com várias pauladas e muitos golpes de terçado pelo corpo, de acordo com as primeiras informações.
Ninguém foi preso, porque quando a polícia chegou, depois de ser chamada pelos moradores apavorados, os envolvidos na pancadaria já haviam se dispersado, levando com eles as armas que usavam no confronto, que durou cerca de quinze minutos.

Informações conseguidas na manhã deste domingo indicavam que o membro de galera morto já tinha passagem na Delegacia Interativa de Polícia em Itacoatiara, por desordens e pequenos furtos.

Pelo menos outros três envolvidos na briga teriam sido feridos, mas não procuraram o pronto-socorro de Itacoatiara, com medo de serem presos em flagrante, pela morte ocorrida, segundo comentário de um soldado do Batalhão de Polícia Militar do município.

Um inquérito foi instaurado na Delegacia de Itacoatiara para apurar o assassinato.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!





 

Jovem teve vários ferimentos no rosto Foto: Facebook / Reprodução
 
 
Uma jovem britânica recorreu a uma rede social para fazer uma alerta sobre o ex-companheiro que a agrediu. Stephanie Littlewood, de 22 anos, conta que estava na companhia de Wayne Hoban, de 24, quando negou ter relações sexuais com ele. Irritado, o rapaz atacou a namorada, que precisou ser hospitalizada após quebrar três dentes, a mandíbula e ficar inconsciente. O ataque aconteceu no último dia 2 de abril, mas o agressor só foi julgado e condenado nesta quarta-feira. Em seguida, a mulher resolveu fazer o desabafo. As informações são do jornal "The Mirror".
"Como a maioria de vocês deve saber, em 2 de abril, meu parceiro na ocasião, Wayne Hoban, me agrediu até quase a morte. Ele estava de mau humor comigo a noite toda e queria transar, mas só porque eu recusei, ele ficou irritado e agressivo. Ele me arrastou pela cama várias vezes, me batendo. Eu chorei", lembra Staphanie, que diz que, em seguida, o ex-companheiro voltou para continuar a agredi-la. "Ele me jogou no chão, sentou sobre mim e me estrangulou contra o chão... Eu não pude me mover. Ele me bateu umas 40, 50 vezes no lado esquerdo do rosto, quebrando três dentes, minha mandíbula, até eu apagar... e continou a me bater", conta.
Jovem foi internada após o ataque
Jovem foi internada após o ataque Foto: Facebook / Reprodução
Stephanie, ainda em seu relato, conta que foi levada para um hospital e que até hoje ainda se trata das lesões físicas e emocionais que sofreu. E completou sua publicação com um alerta para outras mulheres: "Hoje, eu estava no tribunal quando ele foi acusado por bater numa mulher e sentenciado a 16 meses de prisão. Por favor, meus amigos, minha família e amigos, compartilhem essa mensagem para que outras mulheres lá fora saibam o monstro que ele é".
Jovem teve a mandíbula e três dentes quebrados
Jovem teve a mandíbula e três dentes quebrados Foto: Facebook / Reprodução
Wayne Hoban, que estava preso desde o ataque, irá cumprir a pena em uma penitenciária de Leeds, na Inglatera.
Rapaz foi preso pelo crime 
Rapaz foi preso pelo crime Foto: Facebook / Reprodução
 
 






 
Foi assassinada a tiros no início da tarde desta quinta-feira (22), na Rua da União, no bairro Centenário, a ex-presidiária, Denise Barros Duarte Ramos, de 28 anos, que morava na Rua do Desterro, no mesmo bairro. Ela foi assassinada com aproximadamente 8 tiros de revólver calibre 38.

A mãe da vítima, Dona Gilvaneide Barros, informou que a filha estava em casa em casa com o marido conhecido por “Berg”, quando o assassino a ligou pedindo para que ela fosse buscar um dinheiro que ele lhe deve, ela foi e ao invés dele lhe pagar sacou uma arma, ela saiu correndo com o marido ele saiu atrás e para escapar da morte ela aproveitou que havia uma casa com a porta aberta e entrou, ele foi atrás e a executou, depois foi embora. Segundo a mãe a filha já foi presa por tráfico e a dívida era de drogas ainda na época que ela traficava.


Este foi o 11º assassinato do mês de setembro, a 7ª mulher morta no ano e na soma geral foi o 156º homicídio do ano de 2016 e o corpo foi encaminhado para o IML local.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
UNIVERSO DA MORTE - MOSTRANDO A REALIDADE EM FATOS REAIS.

MAIS VISITADAS

SEGUIDORES

xat universo da morte