Blogger Tips and TricksLatest Tips And TricksBlogger Tricks

Leia com atenção

Leia com atenção

Postagem em destaque

Imagens fortes- do maior massacre da história do sistema prisional do Amazonas

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, e o governador do Amazonas, José Melo, se reuniram na noite desta segunda-feira (...

 
O Brasil viveu neste sábado mais um dia de terror. Desta vez foi no maior presídio do Rio Grande do Norte, a Penitenciária Estadual de Alcaçus, na Grande Natal.

Um vídeo postado no final desta matéria mostra cenas de selvageria dentro do presídio. São imagens fortíssimas.

Assim como em Manaus, vários presos foram decapitados.

Segundo o Governo do Rio Grande do Norte, até as 21h pelo menos 10 presos morreram durante a rebelião iniciada na tarde deste sábado (14).

De acordo com nota emitida pelo Governo do Estado, a rebelião, que teve início por volta das 17h, partiu de uma briga entre presos dos pavilhões 4 e 5 e está restrita aos dois pavilhões.

Ainda não há confirmação de fuga. Segundo a presidente do Sindicato dos Agentes Penietnciários, Vilma Batista, homens em um carro se aproximaram do presídio antes da rebelião e jogaram armas por sobre o muro.

Zemilton Silva disse ainda não saber se os presos dos outros pavilhões também se rebelaram. O chamado pavilhão 5 é o presídio Rogério Coutinho Madruga, que fica anexo à Alcaçuz, em Nísia Floresta.

Há separação entre presos de facções criminosas entre esses dois presídios. A penitenciária de Alcaçuz tem cerca de 1150 presos e capacidade para 620 detentos, segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc).


Policiais militares e agentes penitenciários vão esperar o dia amanhecer para entrar nos pavilhões de Alcaçuz.

A área externa do presídio já está sob o controle das autoridades, segundo a Polícia Militar. As saídas foram bloqueadas e o Corpo de Bombeiros está fazendo barricadas no local.


 
Um homem foi executado com pelo menos 7 tiros, e um deles, disparado de uma escopeta calibre 12, estourou sua cabeça e expôs.

O crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira, 13, na Rua Laços do Amor, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

Segundo moradores, a rua sempre teve tráfico de entorpecentes, o que leva a polícia a acreditar que o crime tem ligações com o tráfico de drogas.

Os policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) ouviram moradores da rua onde ocorreu o assassinato e todos disseram que são constantes os tiroteios e atritos entre traficantes.

O homem assassinado tinha seis tiros de pistola espalhados pelo peito, abdome e costas.

Segundo testemunhas, três ocupantes de um carro de cor escura chegaram ao local por volta de 01h30 e praticaram o crime.

O homem assassinado tinha entre 20 e 25 anos, trajava camisa azul e branca e bermuda bege. Não foram encontrados documentos pessoais em seu bolso.

O corpo foi removido do local pela equipe do Instituto Médico Legal (IML).

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!


 
O vídeo que você vai ver no final deste texto contém imagens muito fortes.

A gravação mostra um homem morto e outro ferido, após baterem a moto em que estavam na traseira de uma caminhão.

Informações ainda não confirmadas dão conta de que a dupla estava em fuga, depois de assaltarem um estabelecimento comercial no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, onde ocorreu o acidente.

O vídeo contém uma cena chocante: um morador, com uma camisa na cabeça, se aproxima do assaltante ferido e bate várias vezes com uma pedra no rosto dele, provocando-lhe a morte. 

Dois homens ainda não identificados e que tinham acabado de assaltar um estabelecimento comercial, morreram na hora durante a fuga, quando a motocicleta que um deles pilotava, colidiu violentamente com a traseira de um caminhão Limpa Fossa, estacionado perto de uma curva da Rua do "Fuchico", no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, por volta das 14h00 desta quinta-feira, 12.

A motocicleta usada na fuga bateu em alta velocidade e matou na hora um de seus ocupantes 

Policiais da Força Tática da Polícia Militar e do 9º Distrito Integrado de Polícia, que chegaram ao local menos de meia hora depois do acidente, não encontraram nenhum documento pessoal com os dois homens, no entanto o dinheiro e telefones celulares que eles haviam roubado de clientes e funcionários do estabelecimento comercial foram encontrados em seus bolsos.

Um revólver e a motocicleta, que a polícia comprovou que também era roubada, foram apresentados no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 
 
 Fotos: Divulgação
Um leitor de São Paulo enviou ontem o vídeo abaixo para o WhatsApp do PORTAL DO ZACARIAS (92 - 99335-3954). O vídeo é chocante! As imagens mostram um homem sendo morto com várias estocadas. A vítima, indefesa, geme de dor, enquanto seu algoz continua a furá-lo impiedodamente. O leitor não informou onde nem quando ocorreu a barbárie. fonte portal do zacarias
 
Um homem esquartejado e decapitado foi encontrado na tarde desta terça-feira, na área de mata que fica nos fundos da fábrica Trigolar, no bairro da Colônia Oliveira Machado, Zona Sul de Manaus.

Foram moradores quem localizaram as partes do corpo do homem.

O perito e a equipe de remoção do Instituto Médico Legal (IML) informaram que no local foram encontradas apenas as pernas, braços e a cabeça.

Ninguém reconheceu a vítima. Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) acreditam que o crime pode ter sido motivado por acerto de contas entre traficantes.

“Os assassinatos com tortura, decapitações e esquartejamentos, como todo mundo já sabe, são marcas registradas das facções criminosas, principalmente da FDN e PCC, que estão se matando dentro e fora dos presídios”, disse um dos policiais da DEHS.

Um inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Homicídios e as partes do cadáver encontrado permanecem sem identificação no IML.

A Polícia ainda tentou em vão localizar a parte do tronco no local.


 
CARUARU: Uma garota de programa foi assassinada por volta das 5h30 da manhã desta segunda-feira (09), próximo a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, na Rua Estrada de Campina Grande, no bairro Vassoural. 
Amanda Marinho da Silva, de 28 anos, foi morta com uma facada no peito esquerdo e próximo ao corpo havia a lâmina de uma faca de serra suja de sangue que pode ter sido utilizada para matar a vítima. 
O pai da vítima, o senhor José Genivaldo, disse que ela era usuária de crack e que pela vida que levava ele já esperava o pior, inclusive tinha quatro filhos que são criados por ele e apesar dela viver se prostituindo e consumindo drogas era uma boa pessoa e aguarda que a polícia identifique e prenda o assassino.
 
O soldado Dos Santos, informou que durante o levantamento a Polícia Científica localizou nas vestes da vítima duas pedras de crack, um cachimbo para usar a droga e uma pequena tesoura. 
Ele disse ainda que foi acionado pela Central de Rádio do 4º BPM que recebeu a informação de que disparos foram efetuados próximo ao presídio e quando chegou encontrou a jovem morta e um rastro de sangue desde a porta do DNIT. Este foi o 6º homicídio do ano e a 1ª mulher assassinada em 2017. O corpo foi encaminhado para o IML local. (FONTE: Blog do Adielson Galvão)
 
(FONTE: Blog do Adielson Galvão)
 
 
 
 



 
 
 

 
CARUARU: Na manhã deste sábado (07), um jovem ainda sem identificação foi encontrado morto dentro de um saco, numa espécie de pequeno lixão, no Loteamento Moura Brasil, próximo a estrada que dá acesso ao Sítio Lagoa de Pedra. Ele foi morto com um único tiro na face. 
O delegado da 19ª Delegacia de Homicídios, Dr. Francisco Souto Maior, (FOTO ABAIXO) que está na força tarefa de homicídios no fim de semana, informou que o rapaz foi morto noutro local, foi colocado dentro desse saco utilizado por sulanqueiros e foi desovado nesse lixão. Mesmo sem identificação da vítima o delegado afirmou que algumas vestes dentro do saco e o próprio saco poderão auxiliar a investigação. Este foi o 4º homicídio do ano em Caruaru e o corpo foi encaminhado para o IML local. (FONTE: Blog do Adielson Galvão)
 
 



 
 
 
Um vídeo das imagens das câmeras de segurança do Presídio Romero Nóbrega em Patos, mostra o momento em que um detento atira contra outros presidiários, durante um tumulto que aconteceu na manhã desta quarta-feira (04).

As imagens mostram o momento em que um grupo se aproxima de outro, há uma breve discussão e logo após o presidiário saca a arma e dispara contra os outros.

O tumulto foi rapidamente controlado pelos próprios agentes penitenciários que estavam de plantão na unidade.

Foi constatada a morte de dois apenados, atingidos com arma de fogo: Darlan Alves dos Santos e Maelson dos Santos Nunes. Outros dois sofreram ferimentos leves, receberam atendimento médico do Samu no local e foram encaminhados para o Hospital Regional de Patos, onde permanecem sob custódia. Foram eles: Felipe Alves dos Santos e Danilo Silva Gomes.

Agentes da Força Tática Penitenciária (FTPEN) e Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) realizam durante todo o dia desta quarta-feira uma operação de segurança “pente fino” naquela unidade, buscando retirar os possíveis materiais ilícitos em poder dos apenados.

 
Três corpos foram encontrados em estado de decomposição na manhã deste domingo (8), por volta das 9h40, em uma mata próxima ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Segundo informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Amazonas, equipes da Polícia Civil, Instituto de Criminalística e Instituto Médico Legal foram deslocadas para o local.

Entre os dias 1° e 2 de janeiro, o Compaj foi palco de uma chacina que deixou 56 detentos mortos após confrontos entre facções rivais. No episódio, cerca de 180 presos fugiram da unidade. Ainda não há informações se os corpos encontrados têm ligação com os eventos do início da semana.

Na manhã de hoje também foi confirmada a morte de cinco pessoas na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus. Dos cinco mortos, três foram decapitados. Segundo o Comitê de Gerenciamento de Crise, o motivo da rebelião ainda é desconhecido.

O local estava desativado desde outubro de 2016 por falta de estrutura, mas após a rebelião ocorrida no Compaj voltou a funcionar para abrigar parte dos presos que estavam no complexo e sofriam ameaças de outros detentos. Com isso, o número de mortos, decorrentes de rebeliões no Amazonas, chega a 67. Desde o início deste mês, o estado tem enfrentado problemas com rebeliões no sistema prisional.

Compaj

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fonte, a chacina no Compaj foi resultado da rivalidade entre duas organizações criminosas que disputam o controle de atividades ilícitas na região amazônica: a Família do Norte (FDN) e o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Aliada ao Comando Vermelho (CV), do Rio de Janeiro, a FDN domina o tráfico de drogas e o interior das unidades prisionais do Amazonas. Na ocasião, foram confirmadas 60 mortes. Desde o segundo semestre de 2015, líderes da facção criminosa amazonense vêm sendo apontados como os principais suspeitos pela morte de integrantes do PCC, grupo que surgiu em São Paulo, mas já está presente em quase todas as unidades da federação.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!






Último Segundo / iG
 
Quatro presos foram mortos durante uma rebelião dentro na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus,  segundo o secretário de Administração Penitenciária do estado, Pedro Florêncio.

A rebelião foi iniciada  por volta das 1h30 da madrugada deste domingo (8).

Policiais da Companhia de Operações Especiais (COE), Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), Batalhão de Choque e Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) foram acionados e conseguiram controlar o motim no início da manhã.

Três presos foram decapitados. Colchões foram queimados

O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção dos corpos dos mortos ainda durante a madrugada.

De acordo com informaçào ainda não confirmada, os detentos reivindicam melhores condições dentro do presídio, que foi reativado há uma semana para abrigar integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), após o massacre que deixou 56 mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e quatro da Unidade Prisional do Puraquequara.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!
 



 
Um homem trajando camisa listrada, bermuda azul e com idade presumida de 20 anos, cor parda, foi assassinado a pauladas e facadas, na Rua 5 do bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, quase ao amanhecer deste sábado.

Assim que clareou um grupo de moradores encontrou o corpo bastante ensanguentado, com várias perfurações, marcas de espancamento e comunicou o crime através de um telefonema para o Centro de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública.

O homem não tinha documentos particulares nos bolsos e, pela forma como foi morto, os policiais acreditam que ele foi atacado por um grupo de ao menos três homens, devido os três pedaços de madeira sujos de sangue que foram encontrados perto do corpo.

Os moradores das proximidades disseram que ouviram gritos e vozes diferentes durante a madrugada.

Sem se identificar, uma moradora disse que a Rua 5 do bairro Jorge Teixeira é bastante perigosa à noite e madrugada, com ocorrências de assaltos e tráfico de drogas, levantando suposição de que o homem perdeu a vida numa dessas duas situações.

A equipe do Instituto Médico Legal (IML) chegou ao local por volta ds 09h e removeu o corpo não identificado para a sede do órgão.

A Delegacia de Homicídios vai investigar o crime.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE!

 
Com o rosto completamente desfigurado por tijoladas e pedradas, um homem foi encontrado morto por volta das 09h da manhã deste sábado, ao lado de uma casa abandonada, na Avenida Max Teixeira (Estrada da Cidade Nova), na Zona norte de Manaus.

A polícia acredita que o homem foi vítima de assalto seguido de morte por espancamento, o que pode caracterizar crime de latrocínio. O que reforça essa suspeita é que a carteira porta-cédulas da vítima, totalmente vazia, foi encontrada perto do corpo.

Os tijolos sujos de sangue e até uma pedra pesando cerca dois quilos foram encontrados uns cinco metros distante do corpo, durante o trabalho de verificação no local do crime.

O rosto da vítima ficou irreconhecível e as pessoas que residem perto do local do assassinato não tiveram as mínimas condições de tentar uma identificação. Na altura do pescoço do homem desconhecido um perito da Polícia Civil verificou perfurações supostamente de faca.

O cadáver foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE!

 
Um homem e uma mulher foram mortos a tiros quando assaltavam a loja Casa do Trigo, na Avenida Camapuã, bairro da Nova Cidade, por volta das 16h30 desta sexta-feira.

O autor dos tiros seria um cliente que estava armado e fazendo compras quando o casal chegou anunciando o assalto e houve a reação instantânea, com ele levando a melhor na troca de tiros.

De acordo com funcionários da Casa do Trigo, o homem tinha um revólver calibre 38 na mão e estava ameaçando matar todos que estavam na loja, quando de um momento para o outro o cliente desconhecido sacou uma pistola da cintura e atirou.

Os tiros acertaram a cabeça e o peito do assaltante, e quando a mulher que o acompanhava ameaçou tirar uma arma de dentro da bolsa que usava, também foi atingida na cabeça e caiu ao lado do comparsa, que já estava morto.

Dinheiro e um aparelho celular que o assaltante já tinha tomado de um dos clientes, além do revólver do criminoso, ficaram caídos ao lado dos corpos.

O homem que reagiu ao assalto matando o casal saiu da loja logo em seguida, entrou em seu carro e saiu do local em alta velocidade, de acordo com funcionários da Casa do Trigo.

A polícia foi chamada mas não encontrou documentos com o assaltante ou com a mulher que o acompanhava, de cabelos pretos, estatura média, trajando roupa esporte e com idade aproximada de 20 anos no máximo.

O assaltante abatido durante o assalto era negro, 25 anos aproximadamente, usava camisa listrada e calça Jeans e também não foi identificado no local do desfecho fatal.
 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
UNIVERSO DA MORTE - MOSTRANDO A REALIDADE EM FATOS REAIS.

MAIS VISITADAS

SEGUIDORES

xat universo da morte